Naturismo

Em Massarandupió, desde 1999 através do decreto da prefeitura de Entre Rios, que autorizou a AMANAT (Associação Massarandupiana de Naturismo) a desenvolver a prática do naturismo. São aproximadamente 800m de praia destinado ao naturismo. Tem uma barraca com estrutura minima que atende aos praticantes. Na vila também existe uma pousada naturista. Saiba mais sobre a Praia das Dunas.

O naturismo (não confundir com naturalismo) é um modo de vida baseado no retorno à natureza como a melhor maneira de viver e defendendo a vida ao ar livre, o consumo de alimentos naturais e a prática do nudismo, entre outras atitudes visando o bem estar. O naturismo moderno surgiu no início do século 20, na Alemanha e França. O código de ética naturista, aprovado pela Federação Brasileira de Naturismo, reflete e reforça práticas que garantem o bem-estar comum. Contrastando com a atitude aparentemente liberal, demonstrações mais veementes de afeição ou interesse sexual são coibidas.

Código de Ética Naturista

Estas normas foram aprovadas pela FBrN (Federação Brasileira de Naturismo) na Assembléia Geral Extraordinária número 3 (três) realizada em 7 de dezembro de 1996, no Sítio Ibatiporã, em Porto Feliz/SP:

I - FALTA GRAVE: As condutas abaixo relacionadas, com grau de intensidade examinado pelos Conselhos Deliberativos dos Clubes, em primeira instância, e pelo Conselho Maior da FBrN, em segunda e última instância, são motivos para expulsão de seus agentes dos quadros sociais e das áreas naturistas regidas pelas entidades filiadas à FBrN.

      I.1. - Ter comportamento sexualmente ostensivo e/ou praticar atos de caráter sexual ou obscenos nas áreas públicas.
     

I.2. - Praticar violência física como meio de agressão a outros.
      I.3. - Utilizar meios fraudulentos para obter vantagem para si ou para terceiros.
      I.4. - Portar ou utilizar drogas tóxicas ilegais.
      I.5. - Causar dano à imagem pública do Naturismo ou das áreas naturistas.

II - COMPORTAMENTO INADEQUADO: As condutas abaixo relacionadas, com grau de intensidade e reincidência examinadas pelos Conselhos na forma referida no Item I, constituem motivos para advertência, suspensão e expulsão dos seus agentes dos quadros sociais e das áreas regidas pelas entidades filiadas à FBrN.

      II. 1 - Concorrer para a discórdia por intermédio de propostas inconvenientes com conotação sexual.
      II. 2 - Fotografar, gravar ou filmar outros naturistas, sem a permissão dos mesmos.
      II. 3 - Utilizar aparelhos sonoros em volume que possa interferir na tranqüilidade alheia, e ou desrespeitar os horários de silêncio regulamentados.
      II. 4 - Causar constrangimento pela prática de atitudes inadequadas.
    

  II. 5 - Portar-se de forma desrespeitosa ou discriminatória perante outros naturistas ou visitantes.
      II. 6 - Deixar lixo em locais inadequados.
      II. 7 - Provocar danos à Flora e à Fauna, ou à imagem do Naturismo.
      II. 8 - Satisfazer necessidades fisiológicas em áreas impróprias, ou exceder-se na ingestão de bebidas alcoólicas, causando constrangimento a outros naturistas.
      II. 9 - Utilizar assentos de uso comum sem a devida proteção higiênica.
      II. 10 - Apresentar-se vestido em locais e horários exclusivos de nudismo, sendo tolerado às mulheres o topless, durante o período menstrual.

Galeria de Fotos

by massarandupio.comDSCN5135by massarandupio.comby massarandupio.comIMG_7459by massarandupio.comby massarandupio.com_MG_7478by massarandupio.com

Encontre aqui o voo mais economico para Salvador!